top of page

Bolsonaro diz que Governo não vai pagar Auxílio por muito tempo

De acordo com o Presidente da República, o Governo Federal não tem condições de pagar esse Auxílio por muitos meses


O Presidente Jair Bolsonaro voltou a falar nesta quarta-feira (31) sobre o novo Auxílio Emergencial. Ao lado de autoridades, em um evento de lançamento, ele voltou a dizer que o Governo Federal não pode pagar esse dinheiro por muito tempo.

De acordo com o Presidente, as contas públicas do Governo não suportam mais esse tipo de gasto. No papel, já se sabe que o Governo Federal vai pagar quatro parcelas de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375.

Mas na prática, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, vinha dizendo que era possível estender essas parcelas. De acordo com fontes do Ministério da Economia, já existe quem trabalha com a ideia de um auxílio de seis meses.

Seja como for, o Presidente Jair Bolsonaro não parece concordar com isso. No discurso, ele voltou a dizer que a melhor solução para dar dinheiro para essas pessoas seria deixando elas trabalharem. E aí ele voltou a fazer críticas aos Prefeitos e aos Governadores do país.

“O apelo que a gente faz aqui é que essa política de lockdown seja revista. Isso cabe, na ponta da linha, aos governadores e prefeitos”, disse Bolsonaro. Essa não é a primeira vez, no entanto, que ele critica a atuação de governadores nesta pandemia.


Auxílio Emergencial

O Governo Federal bateu o pé no início deste ano e disse que não iria pagar o novo Auxílio Emergencial. Seja como for, com o passar dos meses, o mesmo Governo decidiu mudar de ideia. Agora, já se sabe até quando as pessoas irão receber o dinheiro.

De acordo com informações do Planalto, os pagamentos do novo Auxílio Emergencial só irão começar no próximo dia 6 de abril. Na ocasião, apenas os informais que passaram pela seleção do Governo é que irão receber o montante.


Por: Portal Forte News **Com informações do brasil123




Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page