top of page

Brasileiro é extraditado dos EUA após condenação por matar a própria mãe



O brasileiro Luiz Fernando Moreira de Assunção Oliveira foi extraditado dos Estados Unidos e preso, após ser condenado pela Justiça goiana, por matar a própria mãe. De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás, após a prisão dele no país, ele foi deportado e desembarcou no Brasil na última semana de mês de junho.


Ele foi condenado a 19 anos e 10 meses de reclusão.


O crime aconteceu em maio de 2011, na capital goiana. Como consta nos autos, Beníguida Moreira de Assunção foi morta pelo homem que “tentou esganá-la com as mãos e ainda a espancou até causar sua morte”. Luiz foi condenador por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.


Prisão nos EUA

Luiz Fernanddo foi “admitido”, na Flórida, nos Estados Unidos, em julho de 2021. No entanto, de acordo com o ICE (Immigration and Customs Enforcement – polícia de imigração do país norte-americano), ele “violou os termos de sua admissão”.


Segundo o órgão, em fevereiro deste ano, agentes foram notificados de que o homem havia sido classificado como fugitivo estrangeiro e que era procurado no Brasil, onde havia sido condenado.


Ainda de acordo com a Justiça de Goiás, a prisão nos Estados Unidos ocorreu por “questões locais”. Em seguida, foi verificado a existência do mandado de prisão em aberto devido a condenação no Brasil e o homem foi deportado.



Ao portal G1, a defesa de Luiz informou que “conseguiu liberá-lo” para que ele aguardasse em liberdade e que desde então não teve mais contato com ele. Segundo Diógenes de Oliveira Frazão, a defesa teve conhecimento da prisão do homem pelos autos do processo.


Redução de pena

Inicialmente, a pena de Luiz Fernando havia sido fixada em 20 anos e 5 meses, mas acabou reduzida para 17 anos e 6 meses, de acordo com o Tribunal de Justiça. Em seguida, o Ministério Público entrou com recurso especial no Supremo Tribunal de Justiça e a pena ficou estabelecida em 19 anos e 10 meses.


Já no Brasil, o homem foi encaminhado ao presídio de Contagem, em Minas Gerais. O Tribunal de Justiça explicou que a 1ª Vara de Crimes Dolosos Contra a Vida, que condenou Luiz, já trabalha para providenciar o recambiamento dele pra cumprir pena em Goiânia.

Fonte: metropoles



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page