top of page

Cadeirante é preso suspeito de tentar matar guardas municipais a tiros durante abordagem em Goiás

Homem de 48 anos realizou quatro disparos, segundo o delegado. Ele era procurado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, em Brasília.


Um cadeirante de 48 anos foi preso suspeito de tentar matar um grupo de Guardas Civis Municipais (GCM), em Jataí, no sudeste goiano. Segundo o delegado Leonardo Dias, o homem estava com um mandado de prisão em aberto e resolveu atirar na corporação porque não queria ser preso.

A GCM precisou entrar em luta corporal para conseguir retirar a arma do cadeirante. A prisão ocorreu no último sábado (4), após o homem desembarcar de um ônibus na rodoviária da cidade. Ao perceber que iria ser abordado, ele disparou quatro vezes contra os agentes, mas ninguém se feriu. Como o nome do suspeito não foi divulgado, o g1 não conseguiu localizar a sua defesa.

“Ele vai responder por tentativa de homicídio e porte de arma de fogo. Ele somente disse que não queria ser preso, mas não especificou se foi por conta do mandado, da arma de fogo ilegal, ou dos dois”, explicou.


A corporação chegou até o homem por meio de uma denúncia de tráfico de drogas, de acordo com Leonardo. Durante os procedimentos, foi identificado que ele possuia um mandado de prisão por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo expedido pela Justiça do Distrito Federal (DF). Um revólver calibre .38, utilizado no crime, foi apreendido.

Fonte: g1 Goiás.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page