top of page

Carro de luxo é abordado após desviar de barreira da PRF para prender Lázaro, veja o motivo

Policiais conseguiram abordar BMW em estrada de terra às margens da BR-070, quando se desviou da rodovia pouco antes de passar pela barreira. Lázaro foge da polícia há 16 dias.


O motorista de um carro de luxo foi abordado, nesta quinta-feira (24), após desviar o caminho que passava por uma barreira policial montada pela força-tarefa para prender Lázaro Barbosa, na BR-070, em Cocalzinho de Goiás (veja o vídeo acima). Depois da abordagem, os agentes constataram que o fugitivo não estava na BMW.

O motivo do desvio de rota foi revelado pelo motorista à equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante a revista no interior do veículo e no porta-malas. Ele estava com uma arma de fogo.


O carro foi acompanhado pela PRF até a base de comando da força-tarefa, no distrito de Girassol.

Inicialmente, agentes informaram à TV Anhanguera que o motorista foi levado para uma delegacia por causa da arma. Mas, posteriormente, a PRF disse que o homem esclareceu a situação e comprovou que a arma era regularizada.

A PRF faz as abordagens aos veículos que passam pelas rodovias BR-153, GO-414 e BR-070. O objetivo é evitar que Lázaro fuja dirigindo algum carro ou se esconda em um veículo, já que está armado e pode fazer reféns.


A força-tarefa também realiza barreiras em estradas de terra e rodovias nas regiões de Cocalzinho e Águas Lindas de Goiás.

Buscas há 16 dias

A força-tarefa que tenta prender Lázaro entra no 16º dia nesta quinta-feira. Para conseguir localizar o suspeito, as equipes usam imagens de satélite e drones que conseguem registrar movimentação a 250 metros de distância e, inclusive, a noite. Cerca de 270 policiais de diferentes forças de segurança participam dessa operação.


Uma caminhonete que tem um sistema para aumentar o alcance de rádios comunicadores da polícia chegou na manhã desta quinta do Rio de Janeiro para ajudar nas buscas. Ela ficará no ponto mais alto do distrito de Edilândia, a 20 km da base de comando da operação.

Os drones são usados após moradores denunciarem que viram alguma movimentação em determinada região na área de buscas. O tempo para se chegar ao local e o terreno, com grutas e cavernas, podem ser fatores que dificultam o trabalho com esse equipamento.


A SSP-GO disponibilizou um aplicativo para que moradores da região possam fazer denúncias e alertas. Além disso, há um disque denúncia para reforçar as buscas pelo criminoso. Quem tiver informações relevantes pode encaminhar para o telefone (61) 9 9839-5284.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page