top of page

Carro do marido de desaparecida em GO tem cabelo e vestígio de sangue

Fios de cabelo e sangue foram encontrados no porta-malas do carro; segundo delegado, mulher sumiu após ser agredida pelo marido


Dois fios de cabelo e sangue foram encontrados no porta-malas do carro do marido da vendedora Vanessa Rodrigues da Silva, de 31 anos. O material está sendo analisado por peritos da Polícia Técnico-Científica de Goiás. A mulher desapareceu há duas semanas, no município de Porangatu, no norte goiano, após ser agredida pelo marido, segundo a Polícia Civil.


De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luciano Santos, o veículo foi apreendido na casa do marido, que é o principal suspeito pelo desaparecimento. “Encontramos dois fios de cabelo e eles estão na perícia. Dentro do porta-malas, o lado onde estavam os fios, era onde tinha mais sangue. Ele ainda está foragido e com prisão preventiva decretada”, disse o investigador ao G1.

Conforme explicação do delegado, apenas o laudo da perícia poderá confirmar se o material encontrado no carro é realmente de Vanessa. A vendedora está desaparecida desde o 11 de agosto.


A família da mulher registrou boletim de ocorrência no dia 16 de agosto na Polícia Civil. Segundo Luciano Santos, no mesmo dia foi aberto inquérito para investigar o caso.

De acordo com o delegado, o homem fugiu de casa ao tomar conhecimento da investigação policial. “Ele foi para Novo Planalto, uma cidade bem perto de Porangatu, onde mora um irmão dele. De lá, ele foi para outra cidade”, disse o delegado.


Agentes estiveram na casa do irmão do suspeito, que alegou não saber a localização do homem. Ainda segundo o investigador, o marido da vendedora também teria levado o carro para um lava-jato dias antes de ser periciado e, ainda assim, vestígios foram encontrados no veículo.


Desaparecimento

Segundo Luciano Santos, após apurar que a vendedora Vanessa Rodrigues da Silva teria sido vítima de violência doméstica, a Polícia Técnico-Científica realizou uma perícia na casa e no carro da mulher, mas, até o momento, o resultado também não saiu.


A família está desesperada em busca de informações sobre o paradeiro da vendedora. A irmã de Vanessa, Genilva Rodrigues da Silva, disse que vizinhos ouviram pedidos de socorro.

“Eu liguei e ela não atendeu. Daí, deixei uma mensagem dizendo ‘oi, cadê você?’. Como ela não respondia e não atendia, eu fui até a casa dela com meu irmão e acionei a polícia. Os vizinhos me disseram que ouviram gritos dela pedindo por socorro na quinta-feira”, relatou.


Relacionamento complicado

Ainda segundo Genilva, Vanessa e o marido estão juntos há cerca de 15 anos e tem dois filhos, de 5 e 11 anos. De acordo com ela, o casal vive um relacionamento conturbado.

“Há um ano eles não estão mais juntos e dormem em quartos separados. Ela vende celulares e trabalha de casa, pois ele é muito ciumento e não deixa ela trabalhar fora”, contou a irmã.


Por: Portal Forte News**Com informações do metropoles






Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page