top of page

“Cena horrível”, diz cunhado que encontrou corpos de ex-casal em GO



Os corpos do empresário Oswaldo Fuga Filho, 55 anos, e da ex-mulher dele, a massagista Dalvanira Alves Martins Fuga, 44, foram encontrados pelo cunhado dele, na casa da vítima, em Rio Verde, sudoeste goiano. Segundo a Polícia Civil de Goiás, o empresário matou a ex a tiros, enquanto ela dormia, e se matou na sequência.


De acordo com o cunhado, o casal tinha problemas na relação, mas nunca havia visto eles brigando. “Infelizmente, nós entramos lá e nos deparamos com aquela cena horrível. Uma notícia muito ruim. A gente não queria ver uma tragédia dessa”, disse Carlos Roberto Martins à TV Anhanguera.


O crime aconteceu na madrugada desse sábado (27/1). “Eles tinham os seus problemas, mas todo casal tem. E a esse ponto, ninguém pensava que chegaria. Eu nunca os vi brigando, discutindo e nem nada” contou o cunhado.


Aviso

De acordo com a Polícia Militar, que esteve no local do crime, o autor chegou a enviar uma mensagem para a irmã de Dalvanira, avisando que cometeria o crime. No entanto, como a mulher não mora na cidade, ela fez contato com parentes para que fosse até a casa da vítima, mas, quando chegaram, o casal já estava morto.

Segundo familiares, Oswaldo e Dalvanira estavam juntos há cerca de 20 anos, porém, entre idas e vindas. Atualmente, eles estariam separados. O homem conseguiu entrar na casa da ex, porque tinha a chave da residência.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: metropoles.



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page