top of page

Comerciante é preso suspeito de matar homem a tiros e balear duas pessoas por causa som de celular

Segundo a polícia, vítima e baleados estavam ouvindo músicas em um celular "contra a vontade" do suspeito, em Mambaí. Homem foi levado ao presídio de Simolândia.


Comerciante é preso suspeito de matar homem e balear outras duas pessoas, em Mambaí — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um comerciante de 30 anos foi preso suspeito de matar um homem e balear duas pessoas, em Mambaí, a 500km de Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, os crimes aconteceram após uma briga entre o suspeito, a vítima e os demais baleados, após eles ouvirem músicas em um celular "contra a vontade" do comerciante.


Os crimes ocorreram em setembro de 2021, mas o homem só foi preso na quarta-feira (25). Como a identidade do suspeito não foi divulgada, o g1 não conseguiu localizar a defesa dele para um posicionamento até a última atualização desta reportagem.

O delegado Alex Rodrigues explicou que, após o crime, foi expedido um mandado de prisão preventiva e que ele se manteve foragido até ser encontrado em uma propriedade rural de Mambaí.

A polícia explicou que o homem admitiu o crime e alegou ter agido em legítima defesa. No entanto, essa hipótese foi descartada pelos investigadores.

"Essa hipótese [de legítima defesa] foi descartada com base em depoimentos das vítimas sobreviventes e testemunhas que estavam no local", detalhou o delegado.


A polícia ainda afirmou que o suspeito, a vítima e os baleados não tinham nenhum tipo de relação, de modo que não se conheciam e "somente estavam no mesmo local durante os fatos".

O homem foi levado ao presídio de Simolândia e está à disposição da Justiça. Ele deve responder pelos crimes de homicídio qualificado consumado e duas tentativas de homicídio qualificado.

Fonte: g1 Goiás.

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page