top of page

Duas pessoas morrem após terem corpos queimados em evento religioso


Divulgação/Polícia Civil de Goiás

Duas pessoas morreram depois de terem os corpos queimados durante evento religioso em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital goiana. Um jovem de 19 anos, identificado como Vitor Hugo de Melo da Rocha, teve 98% do corpo queimado.


O caso aconteceu em 28 de outubro deste ano, em um centro religioso. Vitor Hugo foi encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), onde ficou internado até a última quarta-feira (1º/11), quando morreu. Além dele, outras três pessoas foram atingidas pelas chamas.


Já a segunda vítima fatal foi identificada como Sandra Cristina, de 44 anos. A mulher foi encaminhada também para o Hugol, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na última quinta-feira (3).


Conforme relatos da Polícia Civil de Goiás, o esposo de Sandra Cristina foi até a delegacia comunicar o falecimento da companheira, e relatou que, no evento em que ela estava, pessoas jogavam cartas em uma fogueira.


Os relatos da Polícia Civil ainda apontam que Sandra Cristina teve 48% do corpo queimado, por estar próxima a Vitor Hugo.


Celebração

Segundo trabalhadores do local, no momento do acidente, dentro do centro religioso, a mãe de santo responsável pelo lugar fazia uma celebração que ocorre a cada 7 anos e que contava com a ajuda de 5 assistentes, entre eles, Sandra e Vitor.


Cerca de 130 pessoas participavam da celebração, em que consistia em escreverem cartas com pedidos em papeis. Após escritas, as cartão eram enrolas com pólvora dentro e posteriormente jogadas na fogueira, momento em que o acidente ocorreu.


Outras três pessoas foram atingidas pelas chamas, mas apenas duas precisaram ser encaminhadas a hospitais, onde permanecem internadas com previsão de receberem alta médica neste sábado (4/11).

Fonte: metropoles.




Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page