top of page

Em Goás: Mulher pede socorro de dentro de ônibus sendo obrigada a viajar ao Piauí pelo ex

Em depoimento, vítima disse que o homem não aceitava o fim do relacionamento. Mulher se escondeu no banheiro do veículo para fazer a ligação, segundo a polícia.


Polícia prende homem suspeito de mantet a ex em cárcere privado Formosa — Foto: Divulgação/Polícia Militar

A Polícia Militar divulgou que uma mulher de 49 anos foi resgatada dentro de um ônibus, após ligar para o filho dizendo que estava sendo mantida em cárcere privado. À Polícia Civil, a mulher contou que o ex companheiro, de 61 anos, a obrigou a entrar no veículo, rumo a Parnaíba, no Piauí, e ela só conseguiu ajuda porque fez a ligação escondida no banheiro do veículo.

“A vítima nos relatou que o autor estaria a mantendo em cárcere privado em uma residência em Planaltina (DF) há dois dias e a ameaçando constantemente com uma faca e, que nesta data, foi obrigada a embarcar nessa viagem”, descreveu o relato policial.


O g1 não conseguiu contato com a defesa do suspeito até a última atualização desta reportagem.

Na ligação, a mulher disse ao filho que o ônibus tinha acabado de sair da Rodoviária de Formosa, no Entorno do Distrito Federal. O filho da mulher foi a uma delegacia do DF, os policiais foram até a rodoviária mencionada e descobriram que o ônibus estava indo a rumo ao distrito Bezerra, perto de onde aconteceu a abordagem e a prisão.


A prisão aconteceu no dia 26 de janeiro, mas foi divulgada nesta quarta-feira (1º). O ônibus foi parado na BR-020. Dentro do veículo, os policiais encontraram o homem e a mulher, que confirmou sobre o sequestro e cárcere.

Violência psicológica

À Polícia Civil, a mulher contou que os dois tiveram um relacionamento, que acabou em 2020, mas ele não aceitava o término. Ela, inclusive, estava em outra relação, o que enfureceu o suspeito, que queria obrigá-la a mudar para o PI.

A mulher contou ainda que o ex a obrigou a transferir R$ 2 mil para que ele comprasse as passagens, segundo a polícia. O depoimento da mulher pontuou ainda que o homem disse que ia matar a vítima e a família, caso ela pedisse socorro.

No período do cárcere, a mulher disse que teve tanto medo, que sequer dormia. Em depoimento, ela contou que ele praticava violência psicológica contra ela durante todo o tempo.

O relato pontua ainda que ela só foi salva porque o filho percebeu que tinha algo errado e insistiu nas ligações, até que a mulher retornou e pediu socorro.

O suspeito foi preso e encaminhado para o Distrito Federal. O g1 não conseguiu informações sobre a prisão do investigado até a última atualização desta reportagem.

Fonte: g1 Goiás.

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page