top of page

Em Goiás: homem é preso após atear fogo e e espancar a companheira por horas

De acordo com a Polícia Civil, o homem também é suspeito de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo


Um homem foi preso preventivamente nessa terça-feira (30/8), no município de Posse, a cerca de 513 km da capital goiana, suspeito de agredir e atear fogo na companheira. A vítima procurou a Polícia Civil para denunciar a situação. Segundo ela, há cerca de duas semanas o suspeito chegou em casa sob efeito de entorpecentes e, além de cortar o cabelo dela, a espancou, ateou álcool na mão e acendeu um isqueiro.

A corporação considera o suspeito como um indivíduo de extrema periculosidade. Ele foi preso em uma ação conjunto com a Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e, de acordo com a Polícia Civil, o homem também é suspeito da prática do crime de tráfico de drogas e de posse ilegal de arma de fogo.


Sessão de tortura

Ao fazer a denúncia, a vítima disse ainda que foi torturada por cerca de seis horas. À polícia, ela afirmou que conseguiu fugir da situação após um descuido do suspeito. Desde então, o homem estava foragido.

Nessa terça-feira, a família do preso entrou em contato com o Corpo de Bombeiros para informar que o suspeito estaria em casa, com uma faca na mão, exigindo entrar em contato com a companheira. No local, as forças policiais se depararam com o homem preso dentro do banheiro da residência, dizendo que iria se matar e que queria ver a sua companheira.


Os policiais conseguiram conter o suspeito e efetuar a prisão dele. Com o término dos registros de praxe, o investigado foi encaminhado à unidade prisional local, onde encontra-se à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: metropoles.



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page