top of page

Em Goiás, polícia prende homem por estuprar e engravidar a própria filha

De acordo com as investigações, o homem dizia à filha que "era para o bem dela"; crime aconteceu quando a vítima tinha 14 anos


Um homem de 38 anos foi preso nesta sexta-feira (20/8) indiciado por estuprar e engravidar a própria filha. O indivíduo, que estava foragido, foi detido em uma fazenda, na zona rural do município de Caçu, no sudoeste goiano. Segundo informações da Polícia Civil, os abusos ocorreram durante seis anos e, ao cometer os atos de violência sexual, o pai dizia à filha que “era para o bem dela”.


De acordo com a corporação, a gravidez da garota aconteceu em 2019, quando ela tinha 14 anos. Porém, o caso só foi denunciado à polícia há um ano, em agosto de 2020, quando o bebê já tinha sete meses de vida. O crime foi na cidade de São José do Xingu (MT).


Um exame de DNA comprovou que o homem é pai da criança gerada na filha dele.


Medo

Conforme a apuração do caso, ele abusava da filha desde quando ela tinha 10 anos. Em depoimento, a garota disse que tinha medo de expor a situação, além de se sentir ameaçada. No relato, ela disse que o pai possuía uma arma de fogo em casa.

Como consta no boletim de ocorrência, a adolescente disse que no ano em que ficou grávida, ela foi ao médico para fazer um exame de endoscopia na companhia de seu pai e que, ao retornar da consulta médica, ele parou em um motel e a estuprou.


Fuga

De acordo com o delegado da cidade onde o crime aconteceu, Gustavo Espíndola de Souza, o suspeito foi indiciado em abril deste ano. Após a denúncia, a polícia conseguiu apreender na residência dele um rifle 22 e mais 571 munições armazenadas. No dia seguinte à denúncia, o homem já havia fugido do município.

Ele foi indiciado por estupro, estupro de vulnerável e ameaça. O homem está preso no presídio de Cachoeira Alta, em Goiás.


Por: Portal Forte News**Com informações do metropoles



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page