top of page

Em Goiás: vereador é cassado após pagar bebidas e cigarros com verba pública



Emanoel Alves Júnior, vereador de São Francisco de Goiás, foi acusado de bancar uma confraternização R$ 5,6 mil com dinheiro público A Câmara Municipal de São Francisco de Goiás aprovou a cassação do mandato do vereador Emanoel Alves Júnior (PSDB), nessa sexta-feira (10/2), por bancar com dinheiro público uma confraternização com direito a uísque, cigarro, chope e drinks.

Na época, o parlamentar reconheceu os pagamentos, mas disse que não sabia que os itens não poderiam ser comprados com verba da Câmara Municipal.

A festa, que teve cerca de 40 participantes, aconteceu em dezembro de 2020. A confraternização ocorreu em um restaurante em Nerópolis, na região metropolitana de Goiânia. O valor total da conta, pago com um cheque da Casa Legislativa, foi de R$ 5,6 mil.

O afastamento do vereador foi aprovado por seis votos favoráveis e três contrários (incluindo o próprio Emanoel). Os parlamentares reconheceram que o agente público “procedeu de modo incompatível com a dignidade da Câmara ou faltou com decoro em sua conduta pública”.

O Metrópoles não conseguiu contato com o vereador para comentar o caso. O espaço segue aberto.

Fonte: metropoles

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page