top of page

Enfurecido com separação, homem incendeia apartamento de ex no Entorno do DF

Todos os cômodos foram atingidos pelas chamas, transformando em cinzas todos móveis, peças de roupa e utensílios domésticos


Furioso após o término do relacionamento, um homem invadiu o condomínio onde a ex-companheira vivia, arrombou o apartamento e incendiou o imóvel quando ele estava vazio. Todos os cômodos foram atingidos pelas chamas, transformando em cinzas todos os móveis, peças de roupa e utensílios domésticos. O crime ocorreu na sexta-feira (3/6), em um condomínio de Valparaíso de Goiás, no Entorno do DF.

De acordo com os relatos da empresária Cinara Cristina dos Santos matos, de 47 anos, o autor do incêndio criminoso é seu ex-companheiro, Moisés Domingos da Costa, 45 anos. Câmeras de segurança do condomínio flagraram o momento em que o homem aproveita um momento de desatenção do porteiro e usa uma bicicleta para passar pela guarita sem ser notado.

Logo depois, o homem entra no bloco, sobe até o imóvel e incendeia o apartamento. Em seguida Moisés foge do local sem ser incomodado. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para conter as chamas, mas antes que o fogo fosse controlado, o apartamento já estava completamente destruído.


“Ele ateou fogo no meu apartamento e eu havia estado lá pela manhã apenas para pegar um objeto que havia esquecido. Poucos minutos depois que saí de lá, uma vizinha me ligou dizendo que o tinham visto e que meu apartamento estava pegando fogo. Ele entrou no condomínio enquanto outra moradora entrava, e lá no condomínio não tem muita segurança”, conta.

Relacionamento abusivo

Segundo a empresária, o relacionamento durou cerca de três anos e chegou ao fim em dezembro do ano passado, após muitas ameaças, humilhações e agressões físicas. Cinara acionou a Polícia Civil de Goiás, o Ministério Público e o Poder Judiciário para conseguir uma série de medidas protetivas.

“No entanto, ele nunca respeitou as restrições e continuava a me perseguir, tanto nas redes sociais quanto nos lugares que eu ia. Ele estava sempre rondando e ameaçando a mim e minha família, principalmente minhas filhas”, disse.

Por duas vezes, Moisés teria tentado esfaquear Cinara após discussões. Em ambos os casos, a empresária revelou ter escapado por pouco. “Ele tentou me furar duas vezes, após estar sob efeito de álcool e drogas. Ele usava o fato de ser usuário para justificar essas agressões. No entanto, costumava ser violento mesmo sóbrio”, disse.


Cinara contou ter sido obrigada a mudar toda sua rotina de vida em virtude da perseguição feita pelo ex. “Eu tive que abandonar toda a minha vida praticamente porque ele estava me perseguindo”, desabafou.


A empresária procurou a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam) logo após o incêndio criminoso para registrar boletim de ocorrência. O suspeito de ter cometido o crime, porém, continuava solto até a última atualização desta reportagem.


SIGA NOSSO INSTAGRAN Fonte: metropoles.

Kommentare


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page