top of page

Filho é condenado a 28 anos de prisão por espancar a mãe até a morte em Águas Lindas



Promotor ressaltou que o jovem tinha histórico de agressões contra a mãe. Na época do crime, em 2020, a idosa, que tinha 68 anos, ficou internada por cinco meses, mas morreu no hospital.

O réu Wesley Sousa Silva, de 33 anos, foi condenado a 28 anos de prisão por espancar a própria mãe até a morte e alegar para familiares que ela tinha sido atropelada em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

O g1 não localizou a defesa de Wesley Silva para se manifestar até a última atualização desta reportagem. De acordo com o site do Tribuna de Justiça, o jovem estava preso até esta quarta-feira (31).

A decisão foi dada por júri popular na última quarta-feira (24). O juiz Luís Flávio Cunha Navarro aumentou a pena em razão de agravantes, como Wesley Silva ter antecedentes criminais de violência doméstica, ter matado sua mãe e ainda o por ela ter mais de 60 anos.


O crime aconteceu em 12 de julho de 2020, na casa onde mãe e filho moravam, no setor Mansões Camargo. Segundo a denúncia do promotor Daniel Lima Pessoa, o filho vivia com a mãe, que tinha 68 anos, e tinha histórico de outras agressões contra ela.

No dia do crime, depois de ter espancando a mãe, Wesley disse a familiares que ela havia sido atropelada, segundo o promotor, versão que foi desmentida por exames que mostraram que ela foi espancada.

A agressão provocou traumatismo craniano na idosa, que passou cinco meses internada, mas morreu no hospital.

Fonte: g1 Goiás.

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page