top of page

Fiscalização encerra sete festas clandestinas em Aparecida de Goiânia no feriado de Corpus Christi

Proprietários de carros de som apreendidos receberam multas com valores entre R$ 500 a R$ 5 mil. Prefeitura diz que reforçou equipes de fiscalização para o feriado de Corpus Christi.


Segundo coordenador de fiscalização, 26 equipes investigam denúncias em Aparecida de Goiânia — Foto: Divulgação/Prefeitura de Aparecida de Goiânia

Fiscais da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital, encerraram sete festas clandestinas na madrugada desta sexta-feira (4). O coordenador de fiscalização, Delazaro Gomes, relata que as equipes de fiscalização foram reforçadas no feriado de Corpus Christi para conter o avanço da Covid-19, mas muitos moradores insistem no descumprimento das normas sanitárias.

“Recebemos cerca de 80 denúncias por dia, só nessa semana foram 500. No feriado reforçamos a fiscalização com mais 10 viaturas, temos agora 26 equipes”, aponta Delazaro. A fiscalização narra que apreendeu quatro caixas de som e três carros com som automotivo, que foram encaminhados para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma). Delazaro completa que os proprietários dos veículos foram multados por perturbação do sossego, com valores entre R$ 500 a R$ 5 mil. De acordo com a prefeitura, as festas interditadas eram na região do Jardim dos Buritis, Vale do Sol e Jardim Santo Antônio. O órgão completa que 48 estabelecimentos foram fiscalizados, duas distribuidoras de bebidas foram interditadas por não terem toda a documentação de funcionamento. O coordenador pontua que a multa para os organizadores das festas é calculada com base no número de pessoas que estão no evento clandestino, para cada participante, o valor é de R$ 600. Além disso, eles têm os dados encaminhados ao Ministério Público de Goiás Para responder processo. Delazaro fala que nos últimos 15 dias foram 730 nomes enviados ao MP. “São muitos casos, mas nessa madrugada o que chamou a atenção, que em uma festa no Jardim Italaia a mãe levou todos os filhos menores para o local, os deixou no quarto e foi festejar”, diz o Delazaro. A fiscalização diz que as crianças foram encaminhadas ao Conselho Tutelar, mas por não terem a identidade divulgada, o G1 não teve acesso a mais informações.


A prefeitura explica que denúncias sobre aglomerações e descumprimento dos decretos municipais de contenção da transmissão da Covid-19 podem ser registradas pelos números 3545-5992 ou 153. Para perturbação do sossego público, os telefones são 3238-7216 ou 98459-1661.

“Preciso reforçar que a pandemia não acabou,a fiscalização está 24 horas por dia e o intuito não é multar, é conscientizar sobre o risco de transmissão da doença”, finaliza Delazaro.


Por: Portal Forte News**Com informações do metropoles



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page