top of page

Força-tarefa é montada para procurar criança que sumiu após sair de escola em Goiás


Pedro Lucas Santos desapareceu em Rio Verde, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma força-tarefa foi montada para procurar o pequeno Pedro Lucas Santos, de 9 anos, que desapareceu em Rio Verde, no sudoeste do estado, após sair da escola. As buscas são feitas por agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, com apoio da Polícia Civil e da Polícia Técnico-Científica, em uma região de mata próximo a casa do garoto.


"Estão pegando o cheiro do menino, passando para cães [farejadores] e procurando na mata. Esperamos que o encontrem vivo", disse o delegado Adelson Candeo.


Pedro Lucas Santos desapareceu na quarta-feira (1º), mas a família só procurou a polícia três dias depois. Segundo o delegado, a família chegou a dizer que o menino havia falado que iria para a casa da avó, mas depois mudou a versão.


"A história de que a criança tinha pedido para ir para a casa da avó não era verdade. E na delegacia eles confirmaram que mentiram. Questionados sobre o porquê mentiram, eles disseram que ficaram com receio de perder a guarda dos outros dois filhos. Acreditamos que ele possa ter fugido de casa por conta de alguma desavença", disse o delegado.


O g1 entrou em contato com a mãe de Pedro Lucas Santos, mas não houve retorno até a última atualização deste texto. A reportagem não conseguiu localizar o padrastro da criança para um posicionamento.


As buscas também ocorrem em um local em que o padrasto do garoto esteve um dia antes do desaparecimento, devido a contrariedades apresentadas por ele e pela mãe à polícia quanto ao desaparecimento da criança.


"Ele [o padrastro] fez um vídeo naquela região demonstrando que o menino não estava lá e de fato o menino não aparece no vídeo, mas ele chega a mencionar aos policiais em determinado momento que estava com o menino para a ocasião da gravação daquele vídeo, mas depois nega", acrescentou o delegado.

Fonte: g1 Goiás.



Comentarios


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page