top of page

GO: Mãe e madrasta são presas após queimar e espancar criança até deixá-la com rosto desfigurado

Criança foi filmada pelas suspeitas com a cabeça e os braços inchados e com ferimentos, em Morrinhos. Menina está internada em estado grave.


Uma mãe de 22 anos e a companheira dela, de 26 anos, foram presas suspeitas de espancar e desfigurar o rosto da própria filha, de 4 anos, em Morrinhos, no sul goiano. Segundo o delegado Fabiano Henrique, a criança precisou ser encaminhada ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia, devido às agressões.

O g1 tentou contato com as defesas de Brunna Cruz e Thacila Carmen para que se posicionassem, mas não conseguiu localizá-las até a última atualização desta reportagem.


Fabiano conta que as mulheres foram presas após Brunna procurar a delegacia para denunciar a companheira Thacila, que segundo ela, teria agredido a vítima. A mãe, porém, também acabou sendo presa depois que a polícia comprovou que ela participou do crime.


“A criança está toda destruída, precisamos correr com ela para o hospital de Morrinhos. Devido a gravidade, ela foi transferida para Goiânia. No relatório médico preliminar, ela tinha até queimaduras. Vamos aguardar o laudo para saber o que realmente aconteceu. Acreditamos que as agressões já ocorrem há alguns dias”, afirmou.


Em um vídeo gravada pelas mulheres é possível ver que a criança está com a cabeça e os braços inchados e com ferimentos. Em nota, o Hugol informou que a criança está em estado grave, mas consciente e respirando espontaneamente.


Thacila foi autuada por tentativa de homicídio, enquanto Brunna pode responder por tentativa de homicídio e falsa comunicação de crime, de acordo com Fabiano. Caso sejam condenadas, as mulheres podem pegar mais de 20 anos de prisão.

Fonte: g1 Goiás.

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page