top of page

Governadores acionam STF contra convocações na CPI da Covid

A lista, com 18 nomes, carrega desde aliados do presidente Bolsonaro, como Ibaneis Rocha (MDB-DF), a desafetos, como João Doria (PSDB-SP)



Governadores de 18 unidades da Federação entraram com uma ação, no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira (28/5), contra a convocação para depor na CPI da Covid, no Senado. Eles apontam que a medida viola o pacto federativo.

“A ADPF busca impedir que o Poder Legislativo federal convoque chefes do Poder Executivo estaduais para depor em CPIs, haja vista que tal medida viola inegavelmente o pacto federativo e o princípio da separação dos poderes. Assim, a pertinência temática revela-se evidente, já que a convocação de Governadores pelo legislativo federal repercute na esfera de interesses dos Estados-Membros, na medida em que vulnera a autonomia dos entes federados”, diz o documento.


A peça aponta a violação do artigo 50 da Constituição, que não prevê a convocação do presidente da República para prestar depoimento na CPI. O entendimento de procuradores-gerais dos estados, que elaboraram e também assinam o documento, é que essa prerrogativa se estende aos governadores.

Os governadores que assinam a ação e foram convocados à depor são: Wilson Lima (Amazonas), Ibaneis Rocha (Distrito Federal), Waldez Góes, (Amapá), Helder Barbalho (Pará), Marcos Rocha (Rondônia), Carlos Moisés (Santa Catarina), Mauro Carlesse (Tocantins), Wellington Dias (Piauí).


Rui Costa (Bahia), Ronaldo Caiado (Goiás), João Doria (São Paulo), Renato Casagrande (Espírito Santo), Paulo Câmara (Pernambuco), Cláudio Castro (Rio de Janeiro), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Belivaldo Chagas (Sergipe), Renan Filho (Alagoas) e Flávio Dino (Maranhão) também são signatários da ação, mas não foram convocados a depor na Comissão.


“Mantemos a disposição de comparecer, como convidado, e pronto para colaborar, mas cumprindo a Constituição”, diz nota do governador Wellington Dias, presidente do Consorcio Nordeste.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page