top of page

Homem é preso suspeito de invadir hospital e roubar arma de vigilante, em Goiânia

Câmeras de seguranças mostram quando investigado entra na unidade. Depois, ele é visto nas imagens correndo com a arma do vigilante na mão, e em seguida, fugindo numa motocicleta.


Homem é detido suspeito de roubar arma de vigilante e fazê-lo refém em hospital de Goiânia, Goiás — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Um homem de 38 anos foi detido suspeito de roubar a arma de um vigilante no Hospital de Doenças Tropicais (HDT), em Goiânia. Câmeras de seguranças mostram a chegada do investigado em uma moto e a entrada dele no hospital. Após alguns minutos, ele sai correndo com a arma do vigilante na mão e foge do local numa motocicleta.


O crime aconteceu na última sexta-feira (2), no Setor Jardim Bela Vista. O Hospital de Doenças Tropicais (HDT) informou que a diretoria lamenta o ocorrido e reforça que segue rígidos os protocolos de segurança, os quais são revisados rotineiramente. A unidade afirmou também que o caso já foi totalmente esclarecido pelas autoridades policiais competentes que prestaram total apoio.

Segundo a Polícia Militar, antes do crime, o homem entrou no hospital e se passou por paciente ao procurar atendimento médico, mas, na verdade, a intenção dele era sondar o local. O detido tem passagens por roubo e tráfico de drogas. "Ele invadiu o hospital e abordou o vigilante com violência. Assim, conseguiu pegar a arma dele, ele logo sai correndo e consegue fugir", disse o tenente da PM Antônio Carlos Nascimento. A equipe policial encontrou o suspeito na casa dele e conseguiu recuperar a arma roubada do vigilante, além de apreender a que ele usou para cometer o crime. A motocicleta também foi levada. “Durante o interrogatório, ele nos confessou ser autor do crime e nos levou até uma mata próxima à casa dele, onde encontramos as armas de fogo enterradas”, conta Nascimento. Segundo a PM, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Goiânia. Como o nome do suspeito não foi divulgado, o G1 não conseguiu apurar se ele continua preso até esta terça-feira (6).


Por: Portal Forte News **Com informações do G1 GO



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page