top of page

Homem é preso suspeito de matar a ex-mulher a facadas em Goiás

Polícia Militar disponibilizou áudios em que Leônidas Divino Alves confessa crime para uma das filhas. Conceição Rodrigues Mendonça chegava do trabalho quando foi atacada.


Leônidas Divino Alves foi preso suspeito de matar a ex-esposa, em Goiânia — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um homem de 58 anos foi preso suspeito de matar a ex-mulher a facadas, em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, o vigilante Leônidas Divino Alves alegou que não aceitava o fim do casamento de 30 anos e os novos relacionamentos da mulher. A vítima, Conceição Rodrigues Mendonça, de 51 anos, estava chegando do trabalho quando foi atacada.


O g1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito. Capitão da Polícia Militar, Gustavo Arantes afirmou que o homem fugiu para uma zona de mata logo após o crime. No local, ele já tinha móveis providenciados. “Ele cometeu esse crime e fugiu para o mato. Então a polícia conseguiu localizá-lo. Foi necessário fazer uma negociação, pois ele ameaçava tirar a própria vida com uma faca”, explicou.


O feminicídio ocorreu por volta das 19h, no Setor Santa Genoveva. Conceição Rodrigues Mendonça tinha três filhas com Leônidas. A PM disponibilizou áudios que o vigilante confessa o crime para uma das filhas.

“Filha, acabei de falar que acabei de esfaquear a minha ex-mulher. Não sei se a mãe morreu, mas do jeito que eu fiz eu acho que ela deve tá morta”, disse Leônidas.

Conforme a PM, Conceição Rodrigues Mendonça morreu com perfurações na região do tórax, costas e mãos. O g1 questionou se ela chegou a ser encaminhada para um hospital ou morreu no local, mas não obteve essas informações.


Os policiais afirmaram que testemunhas relataram que ouviram gritos e chegaram a ver o suspeito atingindo a vítima com facadas. Em seguida, ele fugiu em uma bicicleta com uma caixa e roupa de vigilante. Uma das testemunhas chegou a dizer que tentou impedir o crime, confrontando o suspeito com uma cadeira.

A Policia Civil investiga o caso, mas afirmou que não é possível divulgar outras informações no momento.

Fonte: g1 Goiás.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page