top of page

Homem é preso suspeito de tentar matar vizinho a golpes de enxada após briga por som alto, em Goiás



Suspeito já havia tentado acertar a cabeça do irmão da vítima com uma barra de ferro e quase acertou um tijolo em uma criança, segundo o delegado. A desavença entre os homens era antiga.

Um homem de 43 anos foi preso suspeito de tentar matar o vizinho a golpes de enxada, após uma discussão pelo volume do som, em Guapó, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo o delegado André Veloso, a desavença entre os homens por conta da altura do som é antiga, mas se intensificou há cerca de um mês.


Como o nome do suspeito não foi divulgado, o g1 não conseguiu localizar a defesa dele para que se posicionasse até a última atualização desta reportagem.


O delegado afirma que o suspeito estava incomodando a vizinhança com o volume do som durante a madrugada desta terça-feira (2), momento em que a vítima, de 45 anos, foi até a residência do homem reclamar do barulho. Porém, ao chegar no local, ele foi atacado.


“O suspeito pegou uma enxada e desferiu pelo menos dois golpes na cabeça da vítima. O homicídio só não se consumou porque as tias da vítima foram em auxílio dele. No dia 16 do mês passado, o suspeito também tentou acertar a cabeça do irmão da vítima com uma barra de ferro, mas acertou o muro. A poeira do muro sujou o rosto do homem devido a força do golpe”, explicou.


André diz que o suspeito já possui passagens por violência doméstica e que costumava aumentar o som quando ingeria bebidas alcoólicas. Enquanto estava sob o efeito do álcool, o homem também ficava agressivo e partia para violência quando os vizinhos pediam para ele abaixar o volume.


“Ele já jogou tijolos na casa da vítima e quase acertou a cabeça de uma criança, de 2 anos, que estava na área da casa. Em outro momento, ele apareceu na porta da vizinha e a ameaçou com um extintor de incêndio pendurado no pescoço, uma picareta e um facão”, concluiu.


A imagem do suspeito foi divulgada, conforme o delegado, para auxiliar no surgimento de novas provas e vítimas, visto que há indícios que outros vizinhos só não procuraram anteriormente a polícia por medo do suposto autor.

Fonte: g1 Goiás.



Commentaires


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page