top of page

Idosos de 66 anos levam colchões para dormir em fila da vacina no DF

Grupo espera que forças de segurança abram exceção em relação ao toque de recolher. Fila começou a se formar às 15h


Temendo não conseguir doses da vacina contra a Covid-19 neste sábado (3/4), Idosos com 66 anos formaram uma enorme fila de carros nas proximidades de pelo menos dois pontos de imunização na noite desta sexta-feira (2/3).


Em frente à Unieuro, em Águas Claras, cerca de 150 carros já aguardam por uma dose. De acordo com as pessoas que estavam no local, alguns chegaram às 15h a fim de garantir acesso ao antídoto, a exemplo do profissional autônomo Cristóvão de Carvalho, 66.

“Sei que não vai ter o suficiente, tem 150 carros, cada um com três ou quatro pessoas, sendo que são 300 doses em cada posto”, ponderou. O idoso ainda pediu que a universidade deixasse os carros ficarem no estacionamento.

“Aqui não tem nenhum vândalo. Estamos esperando para ser imunizados”, sintetizou. Cristóvão também espera que as forças de segurança abram exceção em relação ao toque de recolher, que impede pessoas de ficarem fora de casa entre 22h e 5h, mesmo que seja dentro dos carros.

“Não estamos aqui nos divertindo, aglomerando ou bagunçando. Estamos atrás de uma simples vacina”, pediu o idoso.


O mesmo pensa o aposentado Delcino Vieira, 66, também na fila da Unieuro. “Os policiais têm que relevar. Tem 500 pessoas aqui. Vão prender todo mundo?”.

Até a última atualização deste texto, a PMDF não havia respondido se irá remover os idosos nas filas durate o toque de recolher no DF.


Por: Portal Forte News **Com informações do metropoles


Kommentare


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page