top of page

Jovem é preso suspeito de balear o ex da namorada por ciúmes, em Goiás



Polícia disse que, no dia do crime, homem de 31 anos se fingiu de morto após ser atingido pelo suspeito e, em seguida, denunciou o caso à corporação. Mulher também é investigada.

Um jovem de 25 anos foi preso suspeito de balear o ex-namorado da atual dele por ciúmes, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. A Polícia Civil disse que, no dia do crime, o homem de 31 anos se fingiu de morto após ser atingido pelo suspeito e, em seguida, denunciou o caso à corporação. Mulher também é investigada.

Como os nomes dos suspeitos não foram divulgados, o g1 não localizou a defesa deles para que se posicionasse até a última atualização desta reportagem.


O jovem foi detido em cumprimento de mandado de prisão preventiva, na manhã de terça-feira (11), em uma casa da zona rural da cidade. A delegada Luiza Venerando, responsável pelas investigações, contou que o homem baleado estava sofrendo ameaças do atual namorado da ex dele.


“Existia uma situação de desentendimento entre eles e de ameaças por parte do atual da ex, talvez por ciúmes e possessão”, explicou a delegada.


Crime

O crime aconteceu no dia 8 de novembro de 2021. O homem contou que foi abordado por uma pessoa que efetuou disparos em sua direção, sendo atingido na panturrilha. Ele foi atendido em uma unidade de saúde e liberado em seguida.

“O que mais nos chamou atenção foi que, após o crime, a ex-namorada e o atual dela sumiram da cidade. Tivemos que fazer várias diligências para encontrá-los”, contou a delegada.

A delegada disse ainda que os dois suspeitos estavam em um local de difícil acesso na zona rural da cidade e que, inclusive, as viaturas da corporação não conseguiam chegar ao local por causa de atoleiros nas estradas. A ex-namorada do baleado, de 18 anos, também é investigada.

“Acontece que, na época do fato, ela era menor de idade, mas ainda estamos investigando. Ela foi ouvida e negou a participação, mas ainda não pedimos a apreensão dela”, disse a delegada.


O suspeito foi encaminhado ao presídio da cidade e deve responder por tentativa de homicídio. A delegada disse que, em depoimento, ele negou envolvimento no caso e alegou que estava fora da cidade no dia do crime. As investigações devem ser concluídas em 10 dias e o inquérito encaminhado ao Judiciário.

コメント


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page