top of page

Jovem morta que teve corpo lançado para fora de carro foi estuprada


Segundo a PCGO, o homem confessou ter estuprado a vítima antes de matá-la. A corporação acredita que ele agiu sozinho no crime

O suspeito de ter matado a fisioterapeuta Larissa Araujo, de 25 anos, confessou, em depoimento à Polícia Civil, ter estuprado a vítima antes de matá-la. O corpo da jovem foi arremessado para fora do veículo em que estava, após um capotamento na BR-060, em Rio Verde, no sudoeste goiano.


O caso aconteceu nessa segunda-feira (2/10). O crime foi descoberto, após um acidente de trânsito. O corpo da vítima estava enrolado em lençóis, com os pés e mãos amarrados, além de ter pertences da casa dela dentro do veículo, como o botijão de gás e uma televisão.

O suspeito chegou a tentar envolver o ex-namorado da jovem como possível autor do crime, mas a polícia, por enquanto, descarta esta hipótese.


Estupro

Por meio de um vídeo compartilhado nas redes sociais, o delegado Caio Matines informou que o suspeito confessou o estupro da vítima. Segundo ele, as apurações preliminares apontam que o suspeito Jerfeson Erivaldo da Silva Nascimento entrou na casa de Larissa, pulando o muro da residência, para furtar o local.


Como a vítima estava na casa, o homem acabou estuprando a mulher, conforme a polícia. Depois disso, ele matou a fisioterapeuta estrangulada e tentou esconder o corpo para não ser preso. Ainda de acordo com o delegado, o homem apresentou contradições durante o depoimento e alegou ter sido contratado pelo ex-namorado da fisioterapeuta para esconder o corpo. O ex chegou a ser conduzido à delegacia, mas foi liberado após ser ouvido.


Apesar do caso seguir em apuração, o investigador aponta que não há indícios de que o crime tenha acontecido a mando de alguém e o suspeito teria agido sozinho.


Peritos do Instituto Médico Legal (IML) informaram que o resultado dos laudos cadavéricos devem ser concluídos dentro de 15 dias. Uma perícia será feita para confirmar o DNA do material encontrado no corpo da vítima e, caso seja comprovado, Jerfeson também responderá por estupro.



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page