top of page

Mulher é morta pelo próprio cachorro após tentar separar briga com outro cão, diz polícia



A Polícia Civil divulgou que Iranilda Alves Rocha, de 58 anos, morreu após ser atacada pelo próprio cachorro em Jaupaci, na região central de Goiás. Segundo o delegado Bruno Ferreira, vizinhos contaram que a vítima tentava separar uma briga entre o cachorro, que é da raça pitbull, contra outro cão dela, um border collie.


“Os vizinhos ouviram ela pedindo socorro. Ela foi apartar os dois cães. O pitbull entendeu isso como uma ameaça e partiu pra cima da vítima e infelizmente ela já faleceu”, descreveu o delegado.


O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (11). Segundo o delegado, os próprios vizinhos escutaram a vítima brigando com os cães e acionaram a polícia para separar, já que o cachorro oferecia risco. O animal foi morto, conforme explicou o delegado.


O delegado informou que a Polícia Científica esteve na casa, fez a perícia e o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). Um militar aposentado foi a primeira pessoa que chegou ao local para tentar ajudar a vítima, segundo a Polícia Civil.


“Tivemos que atirar contra o cachorro pra entrar, ao entrar no fundo da casa, constatamos a mulher caída no fundo do quintal, toda mordida, com rosto desfigurado e uma mão praticamente comida”, descreveu o militar, que preferiu não se identificar.


De acordo com o militar, o border collie tinha ferimentos, o que reforçou o relato da briga entre os animais. O PM contou ainda que o pitbull tinha histórico de atacar pedestres e outros animais.

Fonte:g1 Goiás.




Commentaires


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page