top of page

No DF: Traficante vendia vodka e cachaça à base de maconha em festas

Além das bebidas batizadas com a erva, o traficante também vendia ecstasy nas festas clandestinas que ocorriam em várias cidades do DF


Um traficante do Distrito Federal especializado na venda de cachaça e licores feitos à base de maconha foi preso por equipes da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da Polícia Civil (PCDF), nesta sexta-feira (17/9). O criminoso, de 31 anos, aproveitava a realização de festas clandestinas para escoar as bebidas batizadas com a erva.


De acordo com as investigações, o suspeito era alvo de apurações por movimentar o tráfico interestadual de drogas. O criminoso era monitorado por receber as drogas sintéticas por meio dos Correios. Além das bebidas à base de maconha, o traficante também vendia ecstasy nas festas.


Após a prisão do traficante, no Recanto das Emas, os policiais localizaram, dentro de um par de tênis, cerca de 1 mil comprimidos de ecstasy. Em seguida, os investigadores foram até a residência do traficante, também no Recanto das Emas, e localizaram uma porção de skunk e dois frascos contendo licores de maconha, um à base de vodka e outra à base de cachaça de alambique, bebidas que, assim como os comprimidos de ecstasy, eram vendidas em festas clandestinas no DF.


Segundo o diretor da Cord, delegado Rogério Rezende, após terminadas as diligências e o registro do auto de prisão em flagrante, o preso foi encaminhado à carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). ” O preso ficará à disposição da Justiça, podendo pegar uma pena de reclusão de 15 a 30 anos, caso seja condenado”, disse.

Do metropoles


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page