top of page

Padrasto do menino Pedro Lucas, desaparecido há dois meses, é preso




O pedreiro José Domingos Silva dos Santos, de 22 anos, padrasto de Pedro Lucas Santos, de 9 anos, foi preso em Rio Verde, município da região sudoeste de Goiás. O menino desapareceu no dia 1º de novembro, após deixar o irmão mais novo na escola.

A Polícia Civil de Goiás não informou qual teria sido a participação de José Domingos no desaparecimento do enteado.

A defesa de José Domingos informou que ainda não teve acesso aos autos processuais, mas que o padrasto do menino Pedro Lucas tem colaborado com a investigação, incluindo o fornecimento de material genético.


“O representado [José Domingos, sempre negou o cometimento de quaisquer crimes contra seu enteado, e colaborou com a investigação, apresentando-se ao delegado de polícia toda vez que foi intimado”, afirmou o advogado Felipe Mendes.

“A defesa e o representado acreditam na Justiça e confiam que as autoridades encontrarão a melhor resposta ao fato”, completou a defesa do padrasto.


Desaparecimento

O caso é investigado pelo delegado Adelson Candeo. O desaparecimento do pequeno Pedro Lucas é tratado como possível homicídio pelas autoridades.

A criança levou o irmão mais novo para a escola e seguiu para a unidade escolar onde estudava. Segundo a Polícia Militar de Goiás (PM-GO), um vídeo mostra o menino próximo a casa da família às 12h50, no dia 1º de novembro.

Os investigadores montaram uma força-tarefa com o intuito de encontrar o garoto, mas ainda sem sucesso. A polícia ouviu vizinhos, familiares e amigos, mas não houve avanço nas investigações.


Fonte: metropoles.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page