top of page

Pai que matou filhas de 4 e 8 anos é preso, diz GCM


Ramon de Souza Pereira é suspeito de matar filhas de 4 e 8 anos, em Santo Antônio de Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O motorista de aplicativo Ramon de Souza Pereira, suspeito de matar a facadas as duas filhas de 4 e 8 anos de idade e depois atear fogo no carro com elas dentro, foi preso nesta terça-feira (23) em uma região de mata, em Santo Antônio de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Guarda Civil Metropolitana (GCM), o pai foi encontrado em um lago próximo ao local onde as crianças foram mortas. O homem, que estava fraco, foi autuado em flagrante por homicídio.


O g1 tentou contato com a defesa de Ramon, mas não conseguiu localizá-la até a última atualização desta reportagem.


A corporação afirmou que foi preciso usar cães farejadores e até um drone para encontrar o suspeito, que havia sido visto caminhando em uma estrada por um morador da região. Ao g1, o delegado Marcus Cardoso explicou que Ramon tentou se matar antes de ser preso, visto que foi encontrado com um corte no pescoço. O homem foi encaminhado para o Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) para passar por cirurgia.


"Ele falou que ela [esposa] merecia isso. Ele ficou sabendo da traição e agrediu ela. Depois pegou o carro dela e foi buscar as crianças e cometeu o crime. O suspeito pode responder por homicídio tentado e lesão corporal", explicou.


Em nota, o Hugo informou que Ramon chegou na unidade de saúde com ferimentos na garganta e abdômen. Ele "recebeu atendimento na sala vermelha e foi encaminhado para o centro cirúrgico".


Avisou sobre o crime

Segundo o delegado Humberto Teófilo, Ramon chegou a avisar que cometeria o crime durante uma ligação com parentes. Enquanto o suspeito falava com a avô das meninas, conforme o investigado, a mulher chegou a ouvir as vítimas pedindo para não serem mortas.


"Foi possível ouví-las gritanto, pedindo 'não faz isso'. Um delas até pediu para fazer xixi e ele não deixou", completou.


O crime aconteceu na segunda-feira (22), na GO-462, em Santo Antônio de Goiás. Segundo o delegado, o homem disse na ligação que iria matar as filhas para vingar uma traição da esposa.

Fonte: g1 Goiás.

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page