top of page

Polícia investiga prefeito e 1ª-dama por invasão de rádio e ameaça



A Polícia Civil de Goiás investiga o prefeito e a primeira-dama do município de Posse, no nordeste goiano, após serem acusados de invadir o estúdio de uma rádio e ameaçar o radialista Ivon José Valente. O caso aconteceu na terça-feira (12/9), um dia depois que a emissora recebeu a presidente do Sindicato Regional dos Trabalhadores em Educação de Goiás, Rosely Cavalcante, para tratar de assuntos referentes à classe.


Helder Silva Bonfim (Solidariedade) e Carolina Chaves Valente Bonfim teriam se irritado com comentários feitos pelo radialista sobre o fato de a prefeitura não ter realizado o pagamento do piso salarial de professores e enfermeiros da rede municipal.


Na entrevista, Rosely também teria dito que o prefeito é o único da região que não paga o piso aos profissionais da educação e que estaria empurrando “com a barriga” o caso.


Ameaças

A entrevista aconteceu no programa chamado Fala Cidadão. No dia seguinte, durante a transmissão, Ivon, que também é diretor da Rádio Cultura FM, e outros três radialistas comentavam a repercussão do dia anterior, quando o prefeito e a primeira-dama entraram alterados no estúdio.


Segundo Ivon, Helder e a esposa entraram no estúdio sem ser convidados. De acordo com ele, a primeira-dama empurrou a porta, deu uma tapa no microfone e disse que queria direito de resposta. Ainda de acordo com o radialista, ele tentou explicar que eles poderiam se manifestar, desde que sem o uso da violência, mas receberam xingamentos como “vagabundos” e “mentirosos”.


Tentativa de agressão

De acordo com Ivon, o casal só não foi às vias de fato contra ele porque outro locutor interveio na situação. Em seu depoimento, Ivon declarou que a dupla entrou no meio da transmissão do programa, enquanto Carolina gritava: “O que que é isso?”, “Vocês só falam mentira!”, “Vocês só usam a rádio para o mal!”, “Vocês só sabem mentir!”.


Após isso, a primeira-dama bateu a mão na mesa por três vezes. Ainda segundo o depoimento, o funcionário da recepção, ao perceber o ocorrido, começou a filmar toda a situação. Ao perceber que estava sendo filmada, Carolina avançou sobre ele e tentou puxar o celular para si. Por medo, o funcionário desligou. De dentro do estúdio, outro radialista filmou o fim da discussão.


No vídeo, é possível ouvir a primeira-dama acusar o radialista: “Você está falando muita mentira na rádio. Você usa a rádio para ameaçar, chantagear. Desde o dia que entramos, estamos tentando te ajudar, você não faz nada para ser ajudado”. O prefeito, por sua vez, diz: “Não vou ficar aguentando suas conversinhas furadas. Não sou moleque, não.”


Intimação

De acordo com o delegada de Posse, Humberto Soares, o prefeito e a primeira-dama devem ser intimados. Após ouvir os envolvidos e analisar as imagens, a corporação vai investigar se houve crime por parte do casal.

Fonte: metropoles




Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page