top of page

Porque o GDF devolveu gestão tarifária de transporte do Entorno para a ANTT?

Gestão foi devolvida à Agência Nacional. O GDF havia assumido as linhas do Entorno em julho de 2021 após pedido do governo federal


O Governo do Distrito Federal devolveu a gestão das tarifas do transporte interestadual semiurbano de passageiros da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride) para a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A decisão ocorre após o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir a suspensão imediata do reajuste de 25,1% que havia sido definido pelo GDF durante o fim de semana. O Executivo local cumpriu a determinação da Corte no mesmo dia.


A gestão das tarifas já está novamente com a agência nacional, segundo apurou o Metrópoles. Nesta terça (6/12) será realizada uma reunião para definir os detalhes.

Em julho de 2021, o gerenciamento do transporte semiurbano de passageiros, que liga Brasília e as regiões administrativas do DF aos municípios goianos do Entorno, passou a ser do GDF.

Agora, com a volta para a ANTT, o sistema contará com sete operadoras que atuam nas 396 linhas de ônibus entre o DF e as cidades de Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Formosa, Girassol, Luziânia, Mansões Marajó (Cristalina), Monte Alto (Padre Bernardo), Novo Gama, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso.

Fonte: metropoles



Comentarios


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page