top of page

Presidente a Goinfra acompanha andamento das obras do Hospital Regional de Águas Lindas



O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Lucas Antonietti, o vice-prefeito Jorge Amaro e o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales, acompanharam as obras do Hospital Regional de Águas Lindas. Retomadas no início deste ano, a construção da unidade está sendo tocada pelo governo estadual com base em um novo projeto.


“Essa visita é muito importante para que a população de Águas Lindas através deste acompanhamento possa ver a seriedade do nosso trabalho. E também mostrar como o governo estadual tem tratado essa obra: com responsabilidade, com o respeito, que é o que Águas Lindas merece”, disse Pedro Sales.


Para o prefeito de Águas Lindas, a obra também significa o compromisso que sua gestão vem tendo com a saúde pública. Segundo Antonietti, colocar o hospital em atividade é importante, pois, além da obra está parada há anos, ele também é uma demanda antiga da população não só do município, mas de toda região do Entorno de Distrito Federal, que busca por melhores condições de saúde.

“Nós já estivemos visitando as obras junto com os vereadores e agora estamos com o secretário Pedro Sales para também acompanhar os trabalhos. Gostaria de agradecer a atenção do governo e dizer que vamos continuar empenhados nesse projeto, essa é a nossa meta, esse é nosso objetivo principal”, afirmou o prefeito.

Após percorrer toda estrutura do hospital, inclusive a parte superior da unidade, o secretário Sales afirmou que a obra está bem encaminhada. “Saio daqui otimista porque vejo que as obras caminham para uma conclusão”, garantiu.


Infraestrutura

O Hospital Regional contará com Banco de Leite Humano; Banco de Sangue e Agência Transfusional; Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal com 10 leitos; cinco berços na unidade hospitalar voltada para cuidados e atendimentos de recém-nascidos considerados de médio risco (UCINCo) e três leitos no espaço destinado ao acolhimento humanizado às mães e familiares dos bebês prematuros (UCINCa).

Terá ainda UTI Pediátrica, com 10 leitos; UTI Adulta (20 leitos); Unidade de Pronto Atendimento (32 leitos); 84 leitos de internação em dois blocos; ambulatório com 22 consultórios; Unidade de Imagenologia; Unidade de Hemodinâmica; centro cirúrgico com oito salas; três salas no Centro Obstetrício, com acessos independentes, além de bloco de vestiários e áreas de descanso para funcionários e equipes terceirizadas, e uma Central de Segurança e Monitoramento.


SIGA NOSSO INSTAGRAN

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (SECOM)

コメント


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page