top of page

Reforma administrativa: Caiado pede empenho máximo a Pedro Sales e Alexandre Baldy



O novos secretários foram empossados ontem(03/04). Pedro Sales na Seinfra e Alexandre Baldy na Agehab. Governador tem como meta construir resultados na nova gestão. Serão investidos R$ 15 bilhões em infraestrutura até 2026


A reforma administrativa implementada pelo governador Ronaldo Caiado a partir do início de seu segundo mandato, em 2023, ganhou dois reforços nesta segunda-feira (03/04): o ex-presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales, foi empossado na recém-criada Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). Enquanto o ex-deputado federal por Goiás e ex-ministro das Cidades, Alexandre Baldy, assumiu a presidência da Agência Goiana de Habitação (Agehab).

Na solenidade de posse, Caiado classificou a indicação dos auxiliares como a elevação do padrão na prestação de serviços por parte do estado, perfil que perpetua por outras pastas.


“Espero de todos os secretários o empenho máximo, dedicação redobrada”, pontuou. “Tenho de ter secretários qualificados, que não fiquem apenas no tapinha nas costas ou dizer ‘olha, vamos ver, quem sabe, talvez’. Preciso de resultado”, concluiu o chefe do Executivo que estava acompanhado da primeira-dama Gracinha Caiado. O vice-governador Daniel Vilela acrescentou que “o governo recebe duas pessoas da mais alta capacidade administrativa e intelectual”.


Reforma administrativa

Pedro Sales, que já passou por outras pastas no Governo de Goiás, assume a responsabilidade de gerir a secretaria que cuidará do Fundo Estadual de Infraestrutura (Fundeinfra) e atender, ainda, às jurisdicionadas Agehab, Goinfra, Saneago, além da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego).

“Falar dessa secretaria é falar de otimismo, esperança e da possibilidade de pensar em infraestrutura como política pública unificadora, criadora de um ecossistema de várias atividades”, revelou durante evento realizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia.

O titular da Seinfra garantiu, ainda, que o espírito colaborativo será norteador dos trabalhos e da relação entre os jurisdicionados.

“Nosso adversário será o atraso, a burocracia, a não entrega. Não teremos bandeiras partidárias, teremos casas, rodovias, distritos industriais e saneamento em grande escala”, projetou. Caiado referendou o modo de trabalho e observou que a atuação de maneira uniforme, onde todos se ajudam, oferece “resultados melhores num curto espaço de tempo”.


Habitação

Já Alexandre Baldy ressaltou que as políticas implementadas pelo governo Caiado para atender demandas da área de habitação são referência nacional. O primeiro desafio dado a ele será a entrega, até julho, de 6 mil unidades habitacionais a custo zero.

“Trabalharemos por todos os 246 municípios de Goiás, para que consigamos promover o sonho da casa própria”, salientou o novo presidente da Agehab.

O gestor também mencionou outros programas existentes na agência e que pretende expandir, como o Aluguel Social, a entrega de títulos de propriedade da regularização fundiária.


R$ 15 bilhões

O Governo de Goiás prevê investir cerca de R$ 15 bilhões na infraestrutura de Goiás até 2026, com foco na ampliação e melhoria da malha viária para fortalecer a competitividade logística do Estado.

Parte desse montante para rodovias sairá do Fundeinfra, que deve arrecadar cerca de R$ 1,2 bilhão ao ano, e o restante vai ser bancado com recursos do Tesouro e emendas parlamentares.

Só as obras viárias consideradas prioritárias, segundo estudo feito pelo governo em parceria com entidades do setor produtivo, alcançam cerca de R$ 10 bilhões, entre pavimentação, restauração e duplicação de GOs, além da construção de pontes.


Saiba mais

Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) - Governo de Goiás

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page