top of page

Rodovias estaduais em Goiás são liberadas após bloqueios contra o resultado da eleição

Policiais chegaram a utilizar gás lacrimogêneo na tentativa de dispersar os manifestantes. Nas rodovias federais em Goiás, ainda há pelo menos cinco pontos de bloqueio.


As rodovias estaduais em Goiás foram totalmente liberadas, na noite desta terça-feira (1), dos bloqueios feitos pelos manifestantes, de acordo com o Governo do Estado. A desobstrução das vias, segundo o governo, foi realizada de forma pacífica. Nesta terça-feira (1), em Anápolis, policiais chegaram a utilizar gás lacrimogêneo na tentativa de dispersar os manifestantes. Nas rodovias federais em Goiás, ainda há pelo menos cinco pontos de bloqueio.

Em nota, Governo de Goiás explicou que a liberação só foi possível após ações da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO), que tiveram como objetivo atender a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhada à Procuradoria Geral do Estado de Goiás (PGE-GO).

Ainda segundo o Governo de Goiás, ao todo, foi liberada a ocupação liberadas em 30 pontos diferentes de rodovias goianas.

Os trechos das rodovias federais em Goiás administradas pela Polícia Rodoviária Federal do Distrito Federal também foram totalmente liberados. Já os administrados pela PRF de Goiás ainda possuem alguns bloqueios.

Até as 15h da tarde desta terça-feira, estavam bloqueados os seguintes trechos das rodovias estaduais em Goiás:


  • Bonfinópolis: GO-010, km 28 - interdição parcial

  • Nazário: GO-060, km 62 – interdição parcial

  • São Luís de Montes Belos: GO-060, km 121 - interdição parcial

  • Itapirapuã: GO-070, km 187 - interdição parcial

  • Nerópolis: GO-080, km 25 – interdição parcial

  • Nerópolis: GO-222, km 45 - total

  • Quirinópolis: GO-164, km 138 – interdição parcial

  • Quirinópolis: GO-164, km 140 – interdição parcial

  • Quirinópolis: GO-206, km 146 – interdição parcial

  • Quirinópolis: GO-206, km 136 – interdição parcial

  • Santa Helena de Goiás: GO-164, km 230 – interdição total

  • São João da Paraúna: GO-164, km 351 – interdição parcial

  • Chapadão do Céu: GO-206, km 429 – interdição parcial

  • Caçu: GO-206, km 10 – interdição parcial

  • Anicuns: GO-326, km 23 - interdição parcial

  • São Miguel do Araguaia: GO-164, km 816: interdição parcial

  • São Miguel do Araguaia: GO-164, km 816: interdição parcial

  • Mozarlandia: GO-164, km 646 - interdição parcial

  • Montes Claros: GO-174, km 472 - interdição parcial


No mesmo horário, já haviam sido liberados os seguintes trechos:

  • GO 070 km 34, Inhumas

  • GO 213 c/139, Caldas Novas

  • GO 080 km 094, Goianésia

  • GO-330, km 134, Pires do Rio

  • GO 174, km 283, Montividiu

  • GO 118 km 045, São João D' Aliança

  • GO -070 Km 130, Cidade de Goiás

  • GO 319, Quirinópolis

  • GO 164 Km 226, e GO-325, Km 080, Santa Helena

Protestos

Em Goiás, manifestantes começaram a interditar rodovias ainda na noite de domingo (30). Devido à situação, pessoas perderam voos, tiveram problemas para chegar a consultas médicas e tiveram que caminhar mais de 10 km pela rodovia após não conseguirem chegar ao trabalho de ônibus. No Tribunal do Júri de Goiânia, por exemplo, uma audiência que estava marcada para esta terça-feira (1) precisou ser adiada, uma vez que o réu e o advogado não conseguiram chegar ao local.


O Governo de Goiás enviou a Polícia Militar para liberar as rodovias bloqueadas por manifestantes após a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que reforçou que as polícias militares dos estados poderiam liberar as rodovias estaduais e federais. Ainda desta terça-feira (1), a Procuradoria-Geral do Estado encaminhou um ofício à Secretaria de Segurança Pública (SSP) e ao comando da Polícia Militar orientando que a determinação do STF fosse cumprida, desbloqueando as estradas.


Em Anápolis, nesta terça-feira, policiais tiveram que fazer o uso de gás lacrimogêneo para que os manifestantes dispersassem, mas vez que, segundo os agentes, conversar e tentar negociar com as pessoas presentes no local não foi suficiente para que as vias fossem liberadas. O trecho da BR-060 chegou a ter bloquei total na segunda-feira (31) e nesta terça, mas o trecho da rodovia já foi liberado.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page