top of page

Saúde recebe R$ 1,8 milhão com devolução do duodécimo



Destinação foi confirmada na manhã desta sexta-feira (10/02) durante solenidade de posse da nova diretoria da Assembleia Legislativa. Caiado recebeu das mãos do presidente da Casa, deputado Bruno Peixoto, um cheque simbólico e agradeceu aos parlamentares


Resultado da parceria institucional estabelecida pelo governador Ronaldo Caiado, o Governo de Goiás recebeu, na manhã desta sexta-feira (10/02), R$ 1,8 milhão para obras na área da saúde, repassados pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), como saldo do duodécimo. O anúncio foi durante sessão solene de posse da nova diretoria, realizada no Plenário Iris Rezende Machado.

Caiado recebeu das mãos do presidente da Casa, deputado Bruno Peixoto, um cheque simbólico e agradeceu aos parlamentares pelo gesto. “Só se governa em conjunto, não de forma isolada. Assim a gente consegue avançar e evoluir”, afirmou.


Hospital estadual do câncer

O valor será destinado à Secretaria de Estado da Saúde (SES), sendo R$ 1 milhão para o novo hospital estadual do câncer, que será construído em Goiânia. “Essa obra vai brilhar aos meus olhos todos os dias”, comemorou Caiado, ao lembrar que o termo de cooperação para construção da unidade será assinado na próxima segunda-feira (13/02).

As obras terão início pelo bloco de oncologia infantil. O hospital contará com espaços para internação, ambulatório, quimioterapia, radioterapia, cirurgia, leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), além de alojamento para familiares.


Hospital de Águas Lindas de Goiás

Já o Hospital Estadual de Águas Lindas de Goiás, que está passando por obras de conclusão da construção, ampliação e reforma executadas pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), receberá o valor de R$ 800 mil para aparelhagem.

“Nós triplicamos o tamanho do hospital de Águas Lindas”, citou Caiado ao mencionar que a implantação foi iniciada em 2007 e que, por muitos anos, foi desacreditada. “Vai ser um hospital de média e alta complexidade, com 150 leitos e 40 leitos de UTI, com capacidade de fazermos cirurgias especializadas”, garantiu.

O presidente da Alego explicou que o recurso é resultado de economia nos repasses mensais realizados pelo Poder Executivo à Alego para despesas aprovadas no orçamento, o chamado duodécimo. “Com economia, com trabalho e austeridade garantimos R$ 1,8 milhão para contribuir com a infraestrutura do estado”, explicou.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page