top of page

Três presos são mortos dentro da Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia

Diretoria do sistema prisional informou que os detentos, a princípio, podem ter sido assassinados por companheiros de cela. A Polícia Civil investiga as mortes.


Casa de Prisão Provisória (CPP) fica dentro do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Três presos foram encontrados mortos dentro da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Os corpos foram achados nesta terça-feira (26) em duas celas diferentes. A Polícia Civil investiga os casos.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que os detentos foram mortos, a princípio, por colegas de cela.

Mesmo encontrado os corpos sem sinais vitais, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado para prestar os primeiros socorros.

A direção da unidade prisional disse em nota que foram abertos processos internos para apurar as circunstâncias da morte.


De acordo com a DGAP, os mortos são:


  • Paulo Cesar Pereira dos Santos (preso acusado de roubo – artigo 157)

  • Hyago Alves da Silva (preso acusado de homicídio – artigo 121)

  • Matheus Júnior Costa de Oliveira (preso acusado de homicídio – artigo 121)


A Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás (OAB-GO) considerou "gravíssimas as mortes dos três detentos" e pediu apuração rápida e rigorosa das circunstâncias.

A presidência da entidade designou, ainda, membros da Comissão de Direitos Humanos e da Segurança Pública para realizar vistoria nas dependências da CPP nesta terça-feira.

g1 Goiás.


Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page