top of page

Travesti é presa suspeita de furtar arma de policial após programa em Aparecida de Goiânia

Segundo ela informou à Polícia Militar, o militar havia contratado o programa e, após o ato, disse que não tinha dinheiro. Com isso, ela aproveitou um momento de distração, pegou a arma dele e fugiu.



Uma travesti foi presa suspeita de furtar uma arma de um policial militar após um programa em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Segundo ela informou à Polícia Militar, o militar havia contratado o programa e, após o ato, disse que não tinha dinheiro. Com isso, ela aproveitou um momento de distração, pegou a arma dele e fugiu.


O G1 não conseguiu localizar a defesa da travesti até a última atualização desta reportagem. Segundo a consulta pública de processos do Tribunal de Justiça, foi encaminhado um alvará de soltura para ela neste domingo (18).

Sobre o envolvimento do policial militar nesta situação, o G1 entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar, por e-mail e mensagem enviados às 15h, e aguarda retorno. O fato aconteceu na quinta-feira (15), em uma área de mata na região de motéis. Segundo relato da ocorrência, o policial disse à travesti que não tinha dinheiro para pagar o programa. Com isso, ela aproveitou a distração do cliente, pegou a arma dele, que tinha sido deixada em cima do banco da moto, e saiu correndo.

Depois de uma equipe da PM comparecer ao local, os policiais conseguiram identificar a suspeita e foram até a casa dela. Segundo a corporação, a travesti não resistiu à prisão e entregou a arma de fogo. Ela foi encaminhada para exames no Instituto Médico Legal (IML) e, em seguida, levada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Aparecida de Goiânia. A reportagem tentou contato com a Polícia Civil, mas as ligações não foram atendidas para mais informações sobre a investigação do caso.


Por: Portal Forte News **Com informações do G1 GO



Comentários


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page