top of page

Vídeo mostra bombeiro que passou a mão em adolescente apanhando em Ceilãndia DF

Populares revoltados com o assédio deram socos e chutes no sargento Claudiney Valadares


Câmeras do circuito de segurança instaladas no supermercado onde o sargento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) foi preso após passar a mão nos seios de uma adolescente de 14 anos registraram o momento em que ele foi agredido por populares. O crime ocorreu na região do Setor O, em Ceilândia, na tarde dessa sexta (4/6).

Claudiney Valadares Lula foi autuado por importunação sexual na Delegacia Especial de Atendimento a Mulher II (Deam II). As imagens mostram, já do lado de fora do comério, o militar dominado por pessoas que estavam no local e revoltaram com o abuso.


Assédio

Outro vídeo, esse captadas dentro do estabelecimento, mostram o momento exato em que o militar apalpa o seio da menina. A vítima passava por um dos corredores do mercado na companhia da mãe e do irmão quando o bombeiro, que vinha na direção contrária, cometeu o assédio. Em um movimento rápido, o militar estica o braço e desliza uma das mãos sobre o seio da adolescente.



Atordoada, a menina avisou aos pais que o homem havia abusado dela. Durante a confusão, o sargento negou que havia encostado na garota. Ao pedir ajuda aos funcionários do mercado, os parentes da menina assistiram pelo vídeo o momento o assédio.


Audiência de custódia

Após passar por audiência de custódia, o militar acabou solto e responderá ao inquérito em liberdade. O Metrópoles acionou o comando-geral do CBMDF para saber que tipo de medida administrativa será tomada. Em nota, a corporação informou que tomou conhecimento do fato na sexta (4/6) e que desde então acompanha todos os procedimentos apuratórios. “Em momento oportuno, se confirmando a veracidade das informações, como de praxe, tomará todas as medidas administrativas cabíveis e necessárias para o caso”, aponta a nota.


Por: Portal Forte News**Com informações do metropoles



Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page