top of page

Vereador do PSB de Goiás posta foto segurando arma e escreve em grupo: 'PT comigo é na bala';

Polícia Civil abriu um TCO contra o político por incitar publicamente a prática de crime. Defesa alegou que foi uma brincadeira relacionada ao momento político.


Vereador de Quirinópolis posta foto com arma e escreve em grupo: 'PT comigo é na bala' — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O vereador Marcos Túlio Barroso, eleito pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Quirinópolis, tirou uma foto segurando uma arma e enviou em um grupo de produtores rurais da cidade durante conversa. Na legenda, ele escreveu: "PT comigo é na bala". O promotor de Justiça Pedro Henrique Barbosa disse que abriu inquérito para investigar as declarações do vereador.

A Polícia Civil informou que foi aberto um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelo artigo 286 do Código Penal, que trata sobre a incitação pública à prática de crime.

A defesa do político alegou que a foto foi uma brincadeira relacionada ao momento político e que não houve intenção de ameaçar ninguém (leia a íntegra ao final).


O PSB é o partido de Geraldo Alckmin, candidato a vice-presidente na chapa de Lula, do PT. A executiva do partido em Goiás informou em nota, na segunda-feira (17), que suspendeu a filiação de Marcos Barroso, determinou o afastamento de todas as funções partidárias e a instauração de processo ético-disciplinar.

"Tais fatos são inadmissíveis, uma vez que o PSB integra a chapa de Luiz Inácio Lula da Silva. Outro ponto que nos causa indignação é a violência demonstrada pelo vereador, que ameaça não apenas os integrantes do Partido dos Trabalhadores, mas também a todos os apoiadores de Lula, inclusive do PSB", diz a nota.

Para a TV Anhanguera, o diretor da Câmara de Quirinópolis, Selmo Ribeiro, disse que a Casa não vai se manifestar por enquanto. Marcos Túlio Barroso foi eleito vereador em 2020, com 365 votos.


Católico e armamentista

O vereador conversava com membros do grupo e disse que é católico e armamentista antes de enviar a foto com a arma na mão.

"Sempre fui e sempre serei Bolsonaro. Sou de direita, católico e armamentista, sou CAC [colecionador, atirador desportivo e caçador]", esclareceu o político.

Um membro respondeu a mensagem escrevendo: "Amém marquinho, vamos juntos". Logo em seguida, ele enviou a foto com a arma na mão.

Fonte: g1 Goiás...

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page