top of page

Vitória de Caiado no primeiro turno confirma notável habilidade de articulação

Campanha do governador, apesar da vantagem apresentada pelas pesquisas, não se permitiu adotar o clima de ‘já ganhou’



A totalização dos votos e a confirmação da vitória de Ronaldo Caiado na disputa pelo governo do Estado, ainda no primeiro turno, demonstra que o trabalho pela reeleição seguiu o script coordenado pela habilidade de articulação do governador. Os mais de 1,7 milhões de eleitores que optaram pela continuidade de Caiado perceberam a capacidade de gestão, mas também notaram a capacidade de aglutinar forças em seu projeto, que se mostra vitorioso.


Um dos fatores que precisa ser exaltado diante do resultado da eleição estadual é a construção das alianças. Os palanques políticos têm um significado que vai além do espaço de onde candidatos fazem seus discursos. Os palanques são estruturas que simbolizam as alianças partidárias que demonstram o quanto determinado candidato conquistou de apoio e qual sua capacidade de aglutinar lideranças.


Em uma campanha para o governo do Estado, ter prefeitos e vereadores ao lado é a garantia de que os eleitores daquela cidade estarão mais dispostos e receptivos em relação às propostas do candidato — é sinônimo de palanque amplo. Caiado teve garantido o apoio de 236 dos 246 prefeitos goianos. Isso lhe garantiu não somente a consolidação de uma base de apoio em uma determinada região, mas também minou as forças do candidato concorrente entre aquele eleitorado. O que observamos é que Caiado trabalhou forte para ampliar seus espaços e, concomitantemente, reduziu espaços dos adversários.


Veja que Gustavo Mendanha (Patriota) teve como principal barreira a sua campanha a falta de apoios no interior, o que impossibilitou que ele furasse a “bolha” e tornasse seu nome conhecido para além dos limites de Aparecida de Goiânia – cidade que ele administrou até o início deste ano.


Ainda falando de alianças, agora, com os votos totalizados e analisando a vitória significativa no primeiro turno, percebemos o quanto foi acertada a composição com MDB de Daniel Vilela. O governador trouxe para seu lado um partido com grande capilaridade e que também foi uma peça indutora para outras alianças, que garantiram a Caiado maior tempo na TV e Rádio, e um exército de candidatos a deputado estadual e federal pedindo voto também para ele.


Por fim, é preciso reconhecer que Caiado não adotou em momento algum da campanha o clima de ‘já ganhou’. Até o último dia ele conseguiu manter os apoiadores animados e aguerridos, além de cumprir uma agenda intensa em todo o estado. Esse fator garantiu que o governador se mantivesse sempre em trajetória de crescimento nas pesquisas, que agora é confirmado pelo resultado da eleição.

Fonte: jornalopcao.

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page