top of page

Vizinha é presa suspeita de matar idosa, esconder corpo embaixo da cama e atear fogo à casa

Investigada contou à polícia que bateu a cabeça da vítima na parede e no chão após uma discussão. Delegado diz que a mulher roubou a residência depois do assassinato.


Mulher é presa por suspeita de matar e roubar idosa em Goiânia, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma mulher de 37 anos foi presa suspeita de matar e roubar uma idosa, de 67, em Goiânia. O delegado responsável pelo caso, Ernane Cázer, relatou que a investigada era vizinha da vítima e, depois do crime, ateou fogo na casa dela.

“Ela bateu a cabeça da idosa na parede, depois que a vítima caiu, bateu mais uma vez no chão e ela perdeu a consciência. Ela subtraiu os bens e voltou depois para colocar fogo na casa”, explica Ernane.


O delegado informou que a suspeita não apresentou uma defesa. Por não ter a identidade divulgada, o g1 não conseguiu contato com a mulher para obter um posicionamento sobre o caso.


O crime aconteceu no dia 2 de outubro de 2021 e a mulher foi presa na última sexta-feira (4). Em depoimento, a suspeita alegou que cometeu o crime por achar que a vítima cometeu “feitiços” contra ela. Contudo, essa é uma expressão que manifesta intolerância religiosa.


Segundo o titular, o crime aconteceu no Setor Goiânia Viva. A suspeita foi detida após a investigação ouvir testemunhas e analisar câmeras de segurança para fundamentar a prisão.


O corpo da idosa foi encontrado totalmente carbonizado debaixo de uma cama, mas o exame cadavérico indicou que ela morreu antes do incêndio. A polícia fala que a vítima tinha dois filhos, mas morava sozinha.

O delegado informou que a suspeita está presa na Delegacia de Capturas e deve ser indiciada por latrocínio, que é um homicídio com objetivo de roubo, ou um roubo seguido de morte . Se condenada, a mulher pode pegar entre 20 a 30 anos de prisão.


NOS AJUDE, SIGA NOSSOINSTAGRAN

Fonte: g1 Goiás

Comments


FORTE NEWS REAL.png

Mais Notícias

bottom of page